Formação Técnico em Informática

O computador quebrou denovo? Já cansou de gastar uma fortuna mandando o computador para o técnico? Com certeza você já deve ter pensado: “Por que eu mesmo não posso arrumar, formatar e montar o computador quando precisar?”

Sim, você pode e fazendo esse curso com certeza você irá economizar muito dinheiro, porém pense por outro lado…

E se VOCÊ for o Técnico?

Além de economizar toda vez que o computador der algum problema, você terá ótimas oportunidades de trabalho, tanto trabalhando por conta quanto em empresas.

Quantos computadores quebram, pegam vírus, travam todos os dias?

Pois é, por isso o trabalho do Técnico em Informática é um dos mais requisitados, por isso, esteja preparado!

Esse pacote de cursos lhe ensinará os principais conceitos e ferramentas necessárias para que você possa atuar como Técnico em Informática e ser muito bem remunerado por isso!

Cursos que fazem parte dessa formação:

Montagem e Manutenção de Computadores

Ver Conteúdo Programático +

Alguns tópicos do Curso de Montagem e Manutenção de Computadores

  • Processador: Frequência, clock, soquetes, tipos e modelos, compatibilidade, dicas, instalação, aquecimento, limpeza.
  • Memória: Diferenças e tipos de memória, módulos, tecnologias, instalação e dicas.
  • Dispositivos de armazenamento: HDs, SSDs, Leitores ópticos, conectores e interfaces, cuidados no manuseio, funcionamento interno, RAID
  • Placa-mãe: Conexões, funcionamento, padrões e compatibilidade, chipset, interfaces interna e externa, barramentos.
  • Placa de vídeo: Compatibilidade, tipos, barramentos, SLI e Crossfire.
  • Prática da montagem com tipos diferentes de placas e gabinetes, cuidados no manuseio, energia estática, principais problemas e soluções, checagem da voltagem da fonte, ventilação.
  • Instalação do sistema: Particionamento, sistema de arquivos, formatação, instalação do Windows, instalação do Linux, configuração dos drivers, identificando as placas e procurar na internet.
  • Instalando Drivers, Backup e Restauração dos drivers
  • Virtualização
  • Backups Automáticos
  • Clonando um HD

Algumas imagens das aulas:

Redes - Cabeamento e Infraestrutura

Ver Conteúdo Programático +

Aula 01 – Conceitos iniciais.

UA 01 – Apresentação do curso.
Apresentação do curso;

UA 02 – Conceitos iniciais – Parte I.
Definição de rede de computadores;
O que é;
Motivação inicial;

UA 03 – Classificação das redes de computadores.
Classificação das redes de computadores;
LAN;
MAN;
WAN;

UA 04 – Estrutura de uma rede.
Topologias físicas de rede;
Ponto a ponto;
Barramento;
Anel;
Estrela;
Árvore;
Outras;

Aula 02 – Estrutura física de uma rede cabeada – Cabos.

UA 05 – Estrutura física de uma rede cabeada – Parte I.
Apresentação breve dos hardwares de rede;
Placa de rede;
HUB;
Switch;
Roteador;
Patch Panel;

 

UA 06 – Estrutura física de uma rede cabeada – Cabos Parte I.
Estrutura física de uma rede;
Cabos UTP;
CAT5;
Características;
CAT5e;
Características;

UA 07 – Estrutura física de uma rede cabeada – Cabos Parte II.
Estrutura física de uma rede;
Cabos UTP;
CAT6;
Características;
CAT6a;
Características;
CAT7;
Características;

 

UA 08– Desafio I – Topologias e cabeamento.
Desafio para o aluno resolver alguns problemas sobre topologias e cabeamento.

Aula 03 – Estrutura física de uma rede cabeada – Conectores e ferramentas.

 

UA 09 – Estrutura física de uma rede cabeada – Conectores.
Conectores;
RJ45;
TERA;
GG45;
Tomadas (RJ45 Jack - Keystone);

 

UA 10 – Estrutura física de uma rede cabeada – Blindagem
Cabos blindados;
FTP;
STP;

 

UA 11 – Ferramentas de uma rede cabeada - Ferramentas.
Alicates;
Crimpagem;
Punch Down;
Decapamento;
Testador de cabos;
Testador de cabo (Test Cable);

 

UA 12 – Desafio II – A escolha da ferramenta.
Desafio no qual o aluno deverá escolher a ferramenta correta para o trabalho.

Aula 04 – Construindo um cabo de rede.

 

UA 13 – Construindo um cabo de rede – Parte I.
Desenvolvendo a estrutura física de uma rede;
Construindo um cabo de rede;
Padrões T568A e T568B;

 

UA 14 – Construindo um cabo de rede – Parte II.
Crimpando um cabo Cat5e;
Cabo direto padrão T568A;
Testando;

 

UA 15 – Construindo um cabo de rede – Parte III.
Crimpando um cabo Cat5e;
Cabo direto padrão T568B;
Testando;
Cabo Crossover;
Testando;

 

UA 16 – Desafio III – Construindo o cabo de rede.
Desafio no qual o aluno deverá crimpar um cabo corretamente.

Aula 05 – Construindo um conector Jack e um Patch Panel.

 

UA 17 – Construindo um cabo de rede – Parte IV.
Crimpando um cabo Cat6 e Cat6a;
Cabo direto padrão T568A e T568B;

UA 18 – Construindo o conector JACK.
Crimpando um conector Jack;
Padrão T568A e T568B;
Alicate Punch Down;

 

UA 19 – Crimpando um Patch Panel.
Crimpando um Patch Panel;
Padrão T568A e T568B;

 

UA 20 – Desafio IV – Construindo um Patch Panel.
O aluno terá de organizar os cabos num Patch Panel e crimpar utilizando o alicate correto;

Aula 06 – Fibra óptica.

 

UA 21 – Cabo ótico – Fibra ótica
O que é?
Vantagens;
Onde usar?

UA 22 – Tipos de cabo ótico - Monomodo.
Fibras Monomodo;
Característica;
Fibras Multimodo;
Característica;

 

UA 23 – Conectorização.
Diferentes conectores;
Processo de conectorização;
Emendas;
Equipamentos conversores;

Aula 07 – Montando um cabo de Fibra Óptica.

 

UA 24 – Decapagem e limpeza.
Remoção do revestimento externo;
Remoção da casca acrílica;
Limpeza da fibra;

 

UA 25 – Conector, clivagem e polimento.
Inserir o conector;
Colagem;
Clivagem;
Polimento;
Lixas;
Movimentos corretos;
Uso do microscópio;

 

UA 26 – Emendas e fusão.
Ferramentas para emendas e fusão;
Emenda mecânica;
Fusão;

 

UA 27 – Desafio V – Conectorização de fibra ótica.
Desfio onde o aluno terá de seguir os passos para conectorização de uma fibra ótica.

Aula 08 – Cabeamento estruturado e seus subsistemas – Parte I.

 

UA 28– Cabeamento estruturado.
O que é?
Por que utilizar?

UA 29 – Normas regulamentadoras.
Normas vigentes;
EIATIA 568-C;
EIATIA 568-C.0;
EIATIA 568-C.1;
EIATIA 568-C.2;
EIATIA 568-C.3;
ABNT NBR 14565:2012;

UA 30 – Cabeamento estruturado – Subsistemas Parte I.

Subsistemas de um cabeamento estruturado;
Cabeamento horizontal (Horizontal Cabling);
Cabeamento primário (Backbone Cabling);
Área de trabalho (Work Area);
Sala de telecomunicações (Telecommunications Room);
Sala de equipamentos (Equipment Room);
Sala de entrada de telecomunicações (Entrance Facilities);

 

UA 31 – Cabeamento estruturado – Subsistemas Parte II.
Sala de entrada de telecomunicações;
O que é;
Equipamentos utilizados;
Requisitos;

Aula 09 – Cabeamento estruturado e seus subsistemas – Parte II.

 

UA 32 – Cabeamento estruturado – Subsistemas Parte III.
Sala de equipamentos;
O que é;
Equipamentos utilizados;
Requisitos;

UA 33 – Cabeamento estruturado – Subsistemas Parte IV.
Cabeamento Primário (Backbone);
O que é;
O que o cabeamento backbone inclui
Distâncias máximas admitidas;

 

UA 34 – Cabeamento estruturado – Subsistemas Parte V.
Sala de telecomunicações;
O que é;
Equipamentos utilizados;
Requisitos;

Aula 10 – Cabeamento estruturado e seus subsistemas – Parte III.

 

UA 35 – Cabeamento estruturado – Subsistemas Parte VI.
Cabeamento horizontal;
O que é;
O que o cabeamento horizontal inclui
Topologia empregada;
Distâncias máximas admitidas;
Exigências;

 

UA 36 – Cabeamento estruturado – Subsistemas Parte VII.

Área de trabalho;
O que é;
O que a área de trabalho inclui
Cabos empregados e distancias máximas admitidas;

UA 37 – Conexão cruzada e interconexão.
Interconexão;
Conexão Cruzada;

 

UA 38 – Dicas e recomendações finais.
Boas práticas;
Níveis hierárquicos;

Aula 11 – Padrões para caminhos e espaços em edifícios.

 

UA 39 – Norma EIA/TIA 569 – Parte I.
O que é?
Finalidade;
Escopo;

 

UA 40 – Norma EIA/TIA 569 – Parte II.
Rotas de cabeamentos;
Malha de piso;
Piso Elevado;
Leito para cabos e eletro-calhas;
Rotas de teto falso;
Rotas perimetrais;

 

UA 41 – Norma EIA/TIA 569 – Parte III

Normatização e seus subsistemas;
Regras para:
Entrada de serviços;
Sala de equipamentos;
Backbone;
Sala de telecomunicações;
Cabeamento horizontal;
Área de trabalho.
UA 42 – Norma EIA/TIA 606.
Identificação dos elementos da rede;
Identificadores;
Registros de cabos;
Registro de tomadas;
Registros de distribuidores;
Registros de encaminhamentos;

Aula 12 – Entendendo o funcionamento dos principais equipamentos de rede.

 

UA 43 – Equipamentos de rede – Parte I.
Entendendo o funcionamento de um switch;
Diferença entre Switch e Hub;
Switches gerenciáveis;
Switches não gerenciáveis;
Características funcionais;

 

UA 44 – Equipamentos de rede – Parte II.
Entendendo o funcionamento da placa de rede;
Placas 100Mbps;
Placas 1000Mbps (Gigabit);
Nomenclatura 10/100/1000;

UA 45– Equipamentos de rede – Parte III.
Entendendo o funcionamento dos modens e roteadores;
O que são;
Função;
Diferenças entre eles;

 

UA 46 – Desafio VI – Escolhendo melhor equipamento para montagem da rede
Baseado nas normas de cabeamento estruturado, o aluno terá de escolher os melhores equipamentos que atenderão aos requisitos da rede proposta no desafio.

Aula 13 – Projeto final.

 

UA 47 – Projetando uma rede – Parte I.
Projeto de rede;
Analise da planta;
Levantamento de pontos de rede;
Definição das salas de equipamentos e de telecomunicações;
UA 48 – Projetando uma rede – Parte II.
Projeto de rede;
Definição do Backbone;
Definição do cabeamento horizontal;
Levantamento dos equipamentos de rede necessários;

 

UA 49 – Projetando uma rede – Parte III.

Calculo do cabeamento;
Quantidade de cabos (em metros) necessários para a rede;
Crimpagem do backbone;

UA 50 – Desafio VII – Finalizando o trabalho com cabeamento.
O aluno finalizará o trabalho com cabeamento, ligando os switches da rede e criando as identificações.

Redes - Lógica e Estruturação

Ver Conteúdo Programático +
Aula 01

Apresentação do curso;
Ethernet;
10BASE-T;
Outros (10BASE-2, 10BASE-5, 10BASE-F);
Fast Ethernet;
100BASE-TX;
Outros (100BASE-FX, 100BASE-T4);
Ethernet;
Gigabit Ethernet;
1000BASE-T;
Outros (1000BASE-LX, 1000BASE-SX, 1000BASE-CX);
10 Gb Ethernet;
10GBASE-LR;
10GBASE-ER;
10GBASE-ZR;
10GBASE-LRM;
Arquiteturas de rede;
Token Ring;
FDDI (Fibra óptica);

Aula 02

Modelo de referência OSI;
Explicação simplificada;
Física, Enlace, Rede, Transporte, Sessão, Apresentação, Aplicação;
Entendendo o protocolo TCP/IP
Modelo TCP-IP;
Compreensão da função de cada camada do modelo TCP/IP;
Aplicação;
HTTP, SMTP, FTP, Outros;
Transporte;
TCP, UDP;
Internet;
IP, ICMP, ARP;
Interface;
Ethernet, Token Ring, FDDI, Outros;
Compreensão do protocolo UDP;
Portas TCP e portas UDP;
Explicação sobre portas;
Desafios práticos sobre o conteúdo da aula toda.

Aula 03

Descrição do protocolo IPv4;
Descrição do IP;
Entendendo a numeração binária;
Descrição de números na base decimal e na base binária;
Conversão de números da base decimal para a base binária;
Conversão de números da base binária para a base decimal;
Aprendendo a classificação de endereços IPv4;
Classes de endereço IPv4;
Classes A, B e C;
Ips reservados;
Redes privadas;
Desafios práticos sobre o conteúdo da aula toda.

Aula 04

Máscara de rede;
Descrição e função da máscara de rede;
Descrição e função de Endereço de Host, Endereço de Rede e Endereço de Broadcast;
Endereçamento de rede;
Descrição, função e cálculo de sub-redes de Classe C;
Endereçamento de rede;
Reforço para o aluno identificar sub-redes de uma rede Classe C;
Desafios práticos sobre o conteúdo da aula toda.

Aula 05

Criar uma sub-rede com máscara ;
Atribuir Ips e testar comunicação entre os hosts e entre as sub-redes.
Criar uma sub-rede com máscara ;
Atribuir Ips e testar comunicação entre os hosts e entre as sub-redes.
Desafios práticos sobre o conteúdo da aula toda.

Aula 06

Endereçamento de rede;
Descrição, função e cálculo de sub-redes de Classe B;
Endereçamento de rede;
Reforço para o aluno identificar sub-redes de uma rede Classe B;
Criar uma sub-rede com máscara ;
Atribuir Ips e testar comunicação entre os hosts e entre as sub-redes.
Desafios práticos sobre o conteúdo da aula toda.

Aula 07

Endereçamento de rede;
Descrição, função e cálculo de sub-redes de Classe A;
Endereçamento de rede;
Reforço para o aluno identificar sub-redes de uma rede Classe A;
Criar uma sub-rede com máscara ;
Atribuir Ips e testar comunicação entre os hosts e entre as sub-redes.
Desafios práticos sobre o conteúdo da aula toda.

Aula 08

Identificando tipo de conexão com a internet;
Tipos de conexão;
PPPoE (Modem aDSL);
IP Dinâmico (Cabo);
Explicação sobre NAT;
Gateway
Identificando tipo de conexão com a internet;
Discagem por modem;
Configurar porta Wan do Switch como PPPoE;
Configurar rede;
Identificando tipo de conexão com a internet;
Discagem por modem;
Configurar porta Wan do Switch como IP Dinâmico;
Configurar rede;
Desafios práticos sobre o conteúdo da aula toda.

Aula 09

O que é DHCP;
Configurando servidor DHCP;
Definindo faixa de Ips (Início e Fim);
Configurar rede;
O que é endereço MAC;
Encontrando o endereço MAC;
Reservar IP pelo endereço MAC do dispositivo;
Configurar rede;
Desafios práticos sobre o conteúdo da aula toda.

Aula 10

O que é?
Qual a Maior Diferença entre o IPv4 e o IPv6?
Recursos e Serviços do IPv6;
Escrevendo e Interpretando Endereços IPv6;
Formação do endereço;
Definição dos blocos;
Modo de omitir zeros;
Visão geral do número hexadecimal;
Grandeza do endereço de 128bits;
Relação entre binário e hexadecimal;
Desafios práticos sobre o conteúdo da aula toda.

Aula 11

Planejando a Rede - Sub-redes com IPv6;
Cálculo de redes e hosts;
Reforço sobre cálculo de sub-redes usando IPv6
Desafios práticos sobre o conteúdo da aula toda.

Aula 12

Determinada empresa recebeu um bloco de endereços IPv6 e irá reconfigurar sua rede com base nesses novos endereços. Eles possuem 1 matriz e quatro filiais espalhadas pelo estado e sua tarefa será dividir o bloco de endereços recebidos em quatro, criando as sub-redes para a matriz e filiais.
Determinada empresa recebeu um bloco de endereços IPv6 e irá reconfigurar sua rede com base nesses novos endereços. Eles possuem 1 matriz e seis filiais espalhadas pelo estado e sua tarefa será dividir o bloco de endereços recebidos em sete, criando as sub-redes para a matriz e filiais. No entanto, aqui teremos de dividir em 8 e deixar uma sobrando.
Determinada empresa provedora deve distribuir endereços para 16 cidades de sua região. Cada uma delas terá uma sub-rede de um bloco IPv6 que ela detém. Seu trabalho será criar essa divisão de 16 blocos de endereços e distribuir entre os hosts.

Redes - Wireless

  • Carga Horária Média:56 horas

  • Material Didático Completo

  • Certificado Válido ao Final do Curso

O que estão falando da ICC?

OU acesse com os dados abaixo: